Conheça um pouco mais da história de Anderson Quack

Conheça um pouco mais da história de Anderson Quack

Por Anderson Quack

A ponte que meu Pai construiu, fala um pouco da minha trajetória.

Muitos acham que estudei ou dei aulas na PUC, mas (com orgulho) fui funcionário desta instituição por 6 anos, assim como meu Pai, que lá trabalhou por 40 anos.

A minha porta de entrada na PUC foi o estacionamento, onde eu era guardador de veículos, o “flanelinha”. Só que era um flanelinha interno, de carteira assinada. Nessa época a professora Denise Portinari me perguntou se eu queria estudar como ouvinte em algumas disciplinas do departamento de desenho industrial. Ela disse que sempre me via lendo no estacionamento e que isso havia chamado à atenção dela. Aceitei e fui estudar duas disciplinas do curso de desenho industrial, que foram fotografia com Joaquim Marçal e arte em Bambu com o Ripper. Paralelo a isso fazia natação, uma disciplina do curso de Educação Física, bem como me iniciei na capoeira com o Mestre Garrincha, prática que mantenho já faz 25 anos.

Do estacionamento fiz a ponte para dentro da universidade e fui trabalhar no departamento de comunicação social, inicialmente como office-boy, depois auxiliar administrativo (me tornei o homem que copiava e fazia o cafezinho dos professores também) e depois fui para o setor audiovisual, Vocês podem imaginar o quanto esse período dentro da comunicação foi fundamental para minha vida. Quando lançamos o filme “Falcão Meninos do Tráfico” no Fantástico, meu nome subiu nos créditos como produtor e isso me levou a outro lugar na PUC, fiz palestras falando sobre minha participação no filme.

Deixei a PUC em dezembro de 2006 para viver e ser integralmente um profissional da cultura. Foi um desafio que encarei com muita responsabilidade. Hoje, ainda tenho laços estreitos com a PUC, um milhão de amigos e amigas, alunos, ex alunos, professores, funcionários, toda a comunidade, mas sobretudo por que meu filho Luiz Rafael hoje é um filho da PUC, estudante de comunicação social.

Lembranças vivas, de meu pai, minhas e agora de meu filho.

Ah Pai, obrigado, por tudo!

Filho, o bastão está contigo agora, e saiba, temos muito orgulho de vc.

About author

Partido Socialista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro 366 posts

Em 1947 o Partido da Esquerda Democrática transformou-se em Partido Socialista Brasileiro. Somente em 1986, com a redemocratização, o PSB voltou ao cenário nacional, quando realizou o primeiro encontro nacional do partido.

You might also like

Municípios 0 Comments

PSB, Rede e PDT anunciam em live chapa única para prefeitura do Rio

Em uma live na manhã desta quarta-feira, o PSB, o PDT e a Rede anunciaram oficialmente uma chapa única para concorrer à Prefeitura do Rio: Martha Rocha, a deputada estadual,

Notícias 0 Comments

Lideranças femininas visitam a sede do PSB/RJ

Com a intenção de promover o debate em torno do universo feminino e formar uma futura comissão provisória de mulheres, Joílson Cardoso – primeiro secretário do PSB/RJ – recebeu, na

Nacional 0 Comments

Para Molon, Câmara mostra respeito com a saúde e a democracia ao adiar as eleições

Matéria postada no PSB na Câmara O líder do PSB na Câmara, Alessandro Molon (RJ), elogiou, nesta quarta-feira (1º), a aprovação em segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply