Após denúncia sobre os ‘Guardiões do Crivella’, pedido de impeachment contra o prefeito será votado nesta quinta

Após denúncia sobre os ‘Guardiões do Crivella’, pedido de impeachment contra o prefeito será votado nesta quinta

Matéria escrita por Felipe Grinberg e Selma Schmidt, para o Jornal Extra

Três dias após o grupo “Guardiões do Crivella” vir à tona, após a denúncia do “RJTV 2” de segunda-feira, a Câmara de Vereadores votará o pedido de abertura do processo de impeachment contra Marcelo Crivella. A votação será nesta quinta-feira.

Caso seja aprovado o início do processo de impeachment, na própria quinta-feira será sorteada a comissão de três membros que analisará as provas. E Crivella continuaria no cargo até o julgamento. Ele deverá ser notificado, tendo dez dias para se defender. Depois, serão até 90 dias corridos para a sessão de votação. Se a comissão não correr com o relatório, o primeiro e o segundo turnos das eleições municipais (15 e 29 de novembro) já terão ocorrido.

Depois de um parecer favorável da procuradoria da Casa, o presidente Jorge Felippe (DEM) decidiu levar ao plenário dois pedidos apresentados que denunciam a suposta prática de crimes que teriam sido cometidos pelo prefeito pela criação do grupo “Guardiões de Crivella”. Mas é preciso um quórum de 26 vereadores, e aprovação por 14 votos, para que o processo siga adiante. Além do pedido de afastamento, foi protocolada no Legislativo municipal a instalação de uma CPI para apurar as denúncias.

Procurada para explicar a atuação dos “Guardiões do Crivella”, a Prefeitura do Rio disse, por meio de nota, que “reforçou o atendimento em unidades de saúde municipais no sentido de melhor informar à população e evitar riscos à saúde pública, como, por exemplo, quando uma parte da imprensa veiculou que um hospital (no caso, o Albert Schweitzer) estava fechado, mas a unidade estava aberta para atendimento a quem precisava. A Prefeitura destaca que uma falsa informação pode levar pessoas necessitadas a não buscarem o tratamento onde ele é oferecido, causando riscos à saúde”.

Ontem, a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio pediu que a promotoria Eleitoral investigue se Crivella cometeu ilícito eleitoral com a contratação dos servidores do grupo para atrapalhar a cobertura jornalística na área da Saúde.

Colaborou: Juliana Castro

About author

Partido Socialista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro 366 posts

Em 1947 o Partido da Esquerda Democrática transformou-se em Partido Socialista Brasileiro. Somente em 1986, com a redemocratização, o PSB voltou ao cenário nacional, quando realizou o primeiro encontro nacional do partido.

You might also like

Notícias 0 Comments

Por unanimidade, contas de 2019 do governador Wilson Witzel são rejeitadas. Veja o que os parlamentares do PSB disseram

O Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ) decidiu ontem rejeitar, por unanimidade, as contas do governador Wilson Witzel referentes a 2019, seu primeiro ano de gestão. O voto

Notícias 0 Comments

Previdência: Líder do PSB pede explicações sobre gastos com propaganda

  O líder do PSB na Câmara, Júlio Delgado (MG), protocolou requerimento na Casa Civil pedindo explicações ao governo federal sobre gastos com propaganda institucional da reforma da Previdência. No requerimento,

Notícias 0 Comments

Salles desmontou proteção do Meio Ambiente, afirma ex-ministro Carlos Minc

Para o ambientalista e ex-ministro Carlos Minc, Ricardo Salles está impedindo o Ministério do Meio Ambiente de cumprir sua missão legal “ao desmontar o Ibama, o ICMBio e o Fundo

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply