PSB LANÇA CAMPANHA EM DEFESA DA NÃO VIOLÊNCIA ATIVA COMO FORMA DE LUTA POLÍTICA  E SOCIAL

PSB LANÇA CAMPANHA EM DEFESA DA NÃO VIOLÊNCIA ATIVA COMO FORMA DE LUTA POLÍTICA E SOCIAL

Desde que tomou posse, há 19 meses, o presidente Jair Bolsonaro atua para enfraquecer a democracia e suas instituições, e atacar direitos fundamentais, movido por uma indisfarçável tentativa de impor uma plataforma fundamentalista de extrema-direita que ameaça os avanços conquistados nos últimos 30 anos de democracia no país.

Diante dessa agenda destrutiva e do discurso de ódio do atual presidente, o PSB lança na próxima terça-feira (14), às 17h, uma campanha que propõe aos seus filiados e à sociedade em geral uma estratégia de resistência e defesa de seus direitos com base no conceito universal da NÃO VIOLÊNCIA ATIVA.

Na campanha, cujo slogan é “NÃO VIOLÊNCIA ATIVA – PAZ, ESSA É A NOSSA BANDEIRA”, o partido apresenta causas que são norteadas pela promoção da democracia, da prosperidade e da justiça social. O conceito está presente na proposta de Autorreforma em discussão no partido.

Segundo o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, o método que inspira os socialistas na reação ao projeto antidemocrático e conservador de Bolsonaro foi empregado em países como a África do Sul, os Estados Unidos e a Índia, garantindo a vitória daqueles que lutaram ao lado do povo.

“O termo NÃO VIOLÊNCIA ATIVA sintetiza em grande medida os modos pelos quais o PSB deseja dirigir-se à sociedade, disseminando afetos que apontem para o bem comum: amor, tolerância, hospitalidade, resiliência em fazer e procurar o que é bom, compaixão, solidariedade, fraternidade, respeito pela humanidade de cada outro”, explica.

Tornaram-se referências dessa estratégia de enfrentamento o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela – símbolo da luta contra a discriminação racial e o regime de segregação, conhecido como apartheid -, Martin Luther King – líder da luta pelos direitos civis e pela igualdade racial nos Estados Unidos -, e também Mahatma Gandhi – líder pacifista que enfrentou os ingleses até garantir a independência de seu país, sem nunca ter usado de violência.

Além desses líderes, também inspiram a campanha do PSB Dom Helder Câmara, o “profeta da fraternidade”, que dedicou sua vida aos pobres e enfrentou com coragem a ditadura civil-militar brasileira, e as jovens ativistas Greta Thumberg e Malala Yousafzai, que entram para a história por defenderem a sustentabilidade e os direitos humanos.

Ao longo de três semanas, o PSB vai impulsionar nas redes sociais, sempre às terças e quintas-feiras, vídeos curtos que destacam a ação e as ideias desses defensores da humanidade, como inspiração para o enfrentamento do atual momento no Brasil.

Siqueira afirma que a cultura do brasileiro é de paz e harmonia, contrária ao discurso do ódio, da violência e da discriminação que é empregado por Bolsonaro e seus seguidores. “Precisamos lançar ideias positivas de paz, amor, conquistas de direitos sociais. Não se combate o ódio com mais ódio. Venceremos o fascismo com resiliência e empunhando a bandeira da paz”, afirma Siqueira.

Todos os vídeos estarão acessíveis no site oficial e nas redes sociais do PSB para serem baixados e compartilhados.

SERVIÇO
Lançamento da campanha “Não violência ativa – Paz, essa é a nossa bandeira”
Terça-feira (14), às 17h

About author

Partido Socialista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro 366 posts

Em 1947 o Partido da Esquerda Democrática transformou-se em Partido Socialista Brasileiro. Somente em 1986, com a redemocratização, o PSB voltou ao cenário nacional, quando realizou o primeiro encontro nacional do partido.

You might also like

Galeria de Fotos 0 Comments

Recadastramento: PSB/RJ reúne dirigentes municipais

Para discutir o processo de recadastramento de filiados, que tem prazo até o dia 25 de abril, a direção do PSB/RJ reuniu, nesta segunda-feira (3/4), dirigentes do partido em municípios

Nacional 0 Comments

Frente Parlamentar “Diretas Já!” será lançada nesta quarta-feira (7)

Na próxima quarta-feira (7/6), às 16h, será lançada a Frente Parlamentar Suprapartidária por eleições Diretas, no Salão Nobre da Câmara. Formada por cinco partidos, incluindo PSB, PSOL, PT, PDT e

Notícias 0 Comments

Alerj aprova PL de autoria de Carlos Minc que regulamenta acúmulo de bolsas universitárias

Com informações do site Minc.com De autoria de Minc, projeto de lei permite que alunos tenham reforço em seu orçamento para continuar seus estudos A Assembleia Legislativa do Estado do

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply