COM VÍDEO DE MANDELA, PSB LANÇA CAMPANHA PELA NÃO VIOLÊNCIA ATIVA COMO FORMA DE LUTA DEMOCRÁTICA

COM VÍDEO DE MANDELA, PSB LANÇA CAMPANHA PELA NÃO VIOLÊNCIA ATIVA COMO FORMA DE LUTA DEMOCRÁTICA

Diante da agenda antidemocrática e do discurso de ódio do presidente Jair Bolsonaro, o PSB lançou nesta terça-feira (14), a campanha NÃO VIOLÊNCIA ATIVA – PAZ, ESSA É A NOSSA BANDEIRA. A iniciativa propõe aos seus filiados e à sociedade em geral uma estratégia de resistência política e de defesa dos direitos sociais e da democracia inspirada na luta de grandes líderes da humanidade como Nelson Mandela, Mahatma Gandhi e Martin Luther King.

Com um total de cinco vídeos, a campanha inclui ainda Dom Helder Câmara e as jovens ativistas Greta Thumberg e Malala Yousafzai. Sempre às terças e quintas-feiras, às 17h, os filmes estarão acessíveis no site oficial e nas redes sociais do PSB para serem baixados e compartilhados.

No vídeo de apresentação, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, fala sobre a iniciativa, que tem como base a promoção da democracia, da prosperidade e da justiça social. “Nos últimos tempos, em nosso país, temos assistido a uma minoria que prega a intolerância, a violência e o ódio. Nós, do Partido Socialista Brasileiro, não podemos aceitar isso”, afirma.

Siqueira afirma que a campanha pretende inspirar os brasileiros a lutarem pela paz, pela harmonia e pela coesão social.

O primeiro vídeo temático tem Nelson Mandela, o líder sul-africano do movimento contra o Apartheid, como figura inspiradora da luta pacífica em defesa dos direitos humanos, da liberdade e pela igualdade racial.

“Eu tenho sustentado o ideal de uma sociedade livre e democrática, em que todas as pessoas vivam juntas, em harmonia, e com as mesmas oportunidades”, afirma no filme.

Com imagens históricas e de filmes como “Mandela” e “Nelson Mandela: O homem por trás da lenda”, o vídeo mostra um discurso do prêmio Nobel da Paz que depois de 27 anos de prisão, foi libertado por uma grande pressão internacional, e se tornou presidente de seu país.

“Nunca, e nunca mais, esta bela terra voltará a experimentar a opressão de um sobre o outro”, avisa Mandela, diante de uma multidão.

Como nos demais vídeos da campanha, o PSB destaca um dos graves problemas do Brasil: a desigualdade social.

“O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo. Esse abismo social, em grande parte, é fruto de um sistema tributário injusto que onera os mais pobres. Essa desigualdade é resultado de um governo que prioriza o desenvolvimento econômico e esquece do desenvolvimento social e humano”, afirma.

No vídeo, o partido critica o governo de Jair Bolsonaro: “Um governo autoritário que, a todo momento, prega o ódio, o racismo e a discriminação” e que “apoia a ditadura e quer o fim das instituições democráticas”.

Ao final, o PSB reafirma a crença de que “que juntos podemos mudar o rumo da história, que juntos podemos nos tornar um país mais justo e solidário. Que juntos podemos conquistar a plena democracia”.

SERVIÇO
Campanha “Não violência ativa – Paz, essa é a nossa bandeira”
Sempre às terças e quintas-feiras, às 17h
Live nas redes sociais e no site do PSB nacional
@psbnacional40 psb40.org.br

About author

Partido Socialista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro 366 posts

Em 1947 o Partido da Esquerda Democrática transformou-se em Partido Socialista Brasileiro. Somente em 1986, com a redemocratização, o PSB voltou ao cenário nacional, quando realizou o primeiro encontro nacional do partido.

You might also like

Sem categoria 0 Comments

Hugo propõe Comissão Externa para acompanhar ações em resposta à Operação Carne Fraca

Atento aos desdobramentos da Operação Carne Fraca, que combate a venda ilegal de carne no País, o deputado Hugo Leal (PSB-RJ) apresentou o Requerimento nº 6.153/2017, que sugere a instalação

Notícias 0 Comments

Conversa com Carlos Minc: A boiada de Salles contra o Meio Ambiente

Na reunião ministerial de Bolsonaro revelada na última semana, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que a comoção com o coronavírus seria a oportunidade perfeita para “passar a

Notícias 0 Comments

Congresso aprova aumento de pena por homicídio para motorista embriagado

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou uma de três emendas do Senado ao Projeto de Lei 5568/13, da deputada Keiko Ota (PSB-SP), para aumentar a pena de homicídio culposo

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply