PSB defende reforma tributária que reduz imposto sobre consumo e onere quem ganha mais, afirma Molon

PSB defende reforma tributária que reduz imposto sobre consumo e onere quem ganha mais, afirma Molon

O PSB defende que a reforma tributária não se resuma à simplificação de impostos, mas que ela torne mais leve a carga de impostos sobre os mais pobres e onere aqueles que ganham mais.

Para isso, o partido, em conjunto com outras siglas da oposição, elaboraram uma proposta alternativa que eleva a tributação sobre renda e patrimônio e reduz impostos sobre consumo e a folha de pagamento. O texto ainda preserva as fontes de financiamento da educação e da Seguridade Social.

“Vamos insistir para que seja votada a proposta de reforma tributária da oposição porque além de simplificar a tributação, ela redistribui o peso dos impostos entre as classes sociais. Ou seja, promove justiça fiscal”, afirma o líder do grupo, deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ).

O Brasil é campeão na tributação sobre o consumo, que representa quase 50% do total arrecadado, enquanto nos Estados Unidos chega a 17%. Isso penaliza o pobre, que consome tudo o que ganha.

São quatro os pontos centrais da proposta dos partidos de oposição: a tributação progressiva da renda e do patrimônio; a redução da tributação sobre o consumo; o incentivo à sustentabilidade ambiental e mecanismos de salvaguarda, e instrumentos de desenvolvimento regional, que são os fundos constitucionais.

Embora a desigualdade tenha se transformado em um fenômeno global, algumas medidas estruturais são recomendadas por especialistas para tentar enfrentá-la, sobretudo onde as diferenças de renda são mais profundas. Entre as principais ações constam alterações na tributação.

“Vai ser um teste de fogo. Nós estamos vivendo um momento do Brasil em que todos dizem ser contra a profunda e imoral desigualdade. Vamos ver quem de fato é contra, votando uma Reforma Tributária que mude isso”, afirma Alessandro Molon.

A Câmara tem discutido a possibilidade de fatiamento do projeto, o que poderia deixar para trás mudanças que aumentariam a progressividade do sistema, com os mais ricos pagando bem mais que os mais pobres, por último. A oposição exige que seja votado tudo junto, no entanto. “Porque, se for separar, conhecemos como funciona a cabeça dos que defendem os super-ricos”, explica Molon.

De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Brasil é o sétimo país mais desigual e tem a segunda maior concentração de renda do mundo. O país perde em desigualdade apenas para África do Sul, Namíbia, Zâmbia, República Centro-Africana, Lesoto e Moçambique. E se for considerada apenas a concentração de renda, ficamos apenas atrás do Catar.

O rendimento dos 10% mais ricos foi 13 vezes maior que o dos 40% mais pobres, de acordo com dados do IBGE, divulgados no início de novembro. Entre 2017 e 2018, o rendimento dos 10% dos mais ricos teve alta de 4,1%, enquanto o dos 40% mais pobres sofreu queda de 0,8%. Ou seja, enquanto os ricos passaram relativamente incólumes pela crise e até melhoraram ainda mais sua condição, os pobres pioraram de vida.

Com informações do UOL Notícias e da Folha de S. Paulo

About author

Partido Socialista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro 172 posts

Em 1947 o Partido da Esquerda Democrática transformou-se em Partido Socialista Brasileiro. Somente em 1986, com a redemocratização, o PSB voltou ao cenário nacional, quando realizou o primeiro encontro nacional do partido.

You might also like

Agenda 0 Comments

Hugo Leal recebe a visita do deputado Dica

O deputado estadual Dica, candidato a prefeito de Caxias pelo PTN, visitou nesta quinta-feira (28/7) o deputado federal Hugo Leal, presidente estadual do PSB, em seu gabinete no Rio. Os

Agenda 0 Comments

Série de pré-congressos do PSB/RJ começa pela Baixada

O PSB/RJ dá a largada, neste sábado (29/4), em Duque de Caxias aos seus pré-congressos regionais com o objetivo de preparar os congressos municipais e mobilizar seus filiados para a organização

Agenda 0 Comments

Marlos Costa participa de debate em portal de notícias

Na manhã de hoje (27) o candidato a Prefeito pelo PSB, Marlos Costa, esteve presente na sessão plenária na Câmara de vereadores da cidade de São Gonçalo. À tarde, participou

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply