Pela Saúde no RJ, seminário na Alerj cobra reestruturação do plano de cargos e salários de servidores

Nesta segunda-feira (25), avançamos em mais uma batalha pela Saúde, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Os deputados estaduais do PSB-RJ, Carlos Minc e Dr. Julianelli, participaram do Seminário PCCS da Saúde do RJ, que tem o objetivo de reestruturar o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, de forma a garantir condições mais dignas para os profissionais da área e, assim, melhorar o atendimento à população.

O evento foi requisitado pelo Presidente Estadual do PSB no Rio de Janeiro, deputado federal Alessandro Molon, e também pelo Presidente Estadual do PSB do Ceará, Odorico Monteiro, como uma atividade da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

No dia 02 de maio deste ano, foi publicada a Lei Estadual n° 7.946, de 2018, que dispõe sobre a “reestruturação do Plano de Cargos e Remuneração da Secretaria de Estado de Saúde”, entre outras providências. Foram vetados pelo governo estadual, no entanto, os principais dispositivos que tratavam da recuperação progressiva da remuneração dos servidores ao longo de 48 meses. Os vetos do governador Pezão foram, então, rejeitados pela Alerj.

– Essa luta do PCCS já foi vencedora aqui na Alerj. Falta agora a promulgação desta decisão. O presidente da Alerj se propôs a fazê-la no dia 27 de junho, esta quarta-feira. O PCCS é o resgate de uma dívida que o Governo Estadual tem com os servidores estaduais – afirma Dr. Julianelli.

Segundo Minc, a luta continuará até que o acordado seja cumprido, pois trata-se de uma luta pela saúde da sociedade brasileira.

– Vai acontecer uma continuidade desse programa, e a gente não vai sossegar enquanto não tiver o Cumpra-se – esclarece Minc.

Impossibilitado de comparecer devido à sessão em Brasília contra a aprovação do PL do Veneno, que pretende liberar agrotóxicos que causam câncer, o deputado Molon enviou sua mensagem de apoio aos profissionais de Saúde do RJ e já solicitou audiência com o ministro da Fazenda para tratar do PCCS.

Parceiro de Molon na Câmara, o deputado Odorico Monteiro veio ao Rio para o Seminário, e citou que um dos caminhos de atuação pode ser a criação de um Grupo de Trabalho dentro da Comissão de Seguridade Social e Família para acompanhamento da luta dos profissionais da Saúde:

– Está é uma conquista, e está na lei.

Nem os servidores e nem a população podem continuar sofrendo com a crise que se arrasta há anos na Saúde do Rio de Janeiro. O PSB enfrentará esta batalha para permitir o resgate dos serviços públicos oferecidos ao povo.

 

Fotos: Douglas Shineidr

About author

You might also like

Notícias 0 Comments

Para Hugo, aumento de contribuição de servidor é inconstitucional

  Os artigos 37 e 38 da MP 805 – sobre a contribuição social dos servidores da União, incluindo o aumento de 11% para 14% – são inconstitucionais, na visão

Notícias 0 Comments

Deputado federal Alessandro Molon é apresentado como o novo presidente do PSB/RJ

Com a presença do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, o deputado federal Alessandro Molon foi apresentado como o novo presidente do PSB no Estado do Rio de Janeiro, em

Notícias 0 Comments

Hugo Leal apresenta 11 emendas à MP do Código de Mineração

    Integrante da Comissão Mista do Congresso que analisa a MP 790/2017, que altera o Código de Mineração, o deputado federal Hugo Leal (PSB/RJ) apresentou 11 emendas após manter

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply