PSB vai ao Conselho de Ética da Câmara contra deputado que assediou repórter

PSB vai ao Conselho de Ética da Câmara contra deputado que assediou repórter

 

Janete Capiberibe: ação contra Wladimir Costa (SD/PA) no Conselho de Ética – Foto: Chico Ferreira

O PSB ingressou com uma representação no Conselho de Ética da Câmara, nesta quarta-feira (9), contra o deputado Wladimir Costa (SD-PA) por quebra de decoro parlamentar, após envolvimento em caso de assédio sexual contra a jornalista Basília Rodrigues, da rádio CBN.  O documento, assinado pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, foi protocolado pelos deputados Júlio Delgado (MG) e Janete Capiberibe (AP).

Na representação, o partido pede que o colegiado instaure processo ético-disciplinar contra Costa, e aplique punição cabível e “na exata extensão das condutas praticadas pelo deputado, nos termos dos artigos 10 a 14 do Código de Ética e Decoro Parlamentar”. A representação foi motivada pela denúncia da jornalista que participou de uma entrevista com o deputado na véspera da votação da denúncia contra Michel Temer. Ao perguntar a ele se poderia mostrar a tatuagem feita em homenagem a Temer – para saber se o desenho era provisório ou permanente – Costa respondeu à repórter “para você, só se for o corpo inteiro”.

Em seguida, após ser perguntado, novamente, por Basília, o deputado do Solidariedade disse: “Eu tenho várias tatuagens no corpo inteiro, amor”.  A conduta de Costa foi denunciada pela jornalista, que recebeu solidariedade de diversos deputados e de entidades profissionais. O Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal e a Associação Brasileira de Jornalistas Investigados (Abraji) repudiaram a atitude em nota divulgada à imprensa.

Após protocolar a representação, o deputado Julio Delgado criticou a postura de Costa e defendeu a apuração do caso no Conselho de Ética da Câmara. “A prática de crimes contra profissionais que cobrem o trabalho do Parlamento do dia a dia é grave, fere a ética e o decoro parlamentar e por isso deve ser devidamente apurado”, afirmou o socialista. Após repercussão negativa do caso, Costa publicou nas redes sociais que não poderia ser acusado de assédio sexual por Basília, pois “basta ver as fotos da mesma e todos irão ver que ela foge totalmente dos padrões estéticos que, supostamente despertaria algum tipo de desejo em alguém”.

“Digamos que apenas a cor negra de sua pele e o cabelo cacheado é o que ela verdadeiramente tem de beleza em seu corpo”, atacou o deputado em um post no Facebook.  Na representação, o PSB afirma que Costa teve uma “postura jocosa e machista”, cometeu “ataques morais e de flagrante desrespeito” contra a jornalista e praticou atos de discriminação de gênero contra a repórter, “evidenciando nítido machismo e misoginia, o que fere a ética e o decoro parlamentar”.

“A atitude vexaminosa e reprovável do deputado, além de ofensiva à profissional e cidadã Basília Rodrigues, expôs a Câmara dos Deputados e contribui para a deterioração da sua imagem institucional perante a sociedade, ocasionando uma quebra de confiança e credibilidade nas instituições democráticas”, destaca o PSB.

O partido alega “inobservância pública e deliberada aos deveres fundamentais do mandato parlamentar e violação dos deveres fundamentais do mandato”, e afirma que Costa violou os princípios da dignidade da pessoa humana e da igualdade, “na medida em que o parlamentar dispensa tratamento discriminatório e ofensivo a profissional mulher”.

About author

Partido Socialista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro 114 posts

Em 1947 o Partido da Esquerda Democrática transformou-se em Partido Socialista Brasileiro. Somente em 1986, com a redemocratização, o PSB voltou ao cenário nacional, quando realizou o primeiro encontro nacional do partido.

You might also like

Notícias 0 Comments

PSB fará seminário para celebrar seus 70 anos

Nos dias 10 e 11 de agosto, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) realizará, pela passagem dos seus 70 anos de fundação, o seminário Desafios da Esquerda Democrática no Brasil e no

Notícias 0 Comments

Maioria do PSB vota por prosseguimento de denúncia contra Temer

A maioria dos deputados do PSB rejeitou no plenário da Câmara, na noite desta quarta-feira (2), o arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, por corrupção passiva, apresentada pela Procuradoria-Geral

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply