Carlos Siqueira comemora crescimento do PSB em 2016 em encontro de prefeitos eleitos em PE

encontro-psb-001_5

 

No encontro que reuniu 400 pessoas, entre elas, os 70 prefeitos eleitos pelo PSB em Pernambuco, nesta segunda-feira (7), o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, comemorou o crescimento eleitoral dos socialistas no pleito de 2016 e defendeu o protagonismo socialista nas eleições gerais de 2018.

 

Neste ano, o PSB obteve 10,3 milhões de votos para prefeito, conquistou 418 prefeituras, 387 vice-prefeituras e 3,6 mil cadeiras nas Câmaras Municipais.

 

No evento realizado em Gravatá, no Agreste pernambucano, Carlos Siqueira afirmou que este desempenho se deve ao trabalho conjunto do partido, ao planejamento estratégico adequado e a uma leitura correta do cenário político nacional. Ao contrário de outros partidos, o PSB cresceu nas eleições de 2016.

 

“Quem não fez a leitura correta da realidade política e da conjuntura nacional foi derrotado, sim, nas urnas”, afirmou o presidente. “Aqueles que fizeram uma leitura incorreta não ganharam a eleição, diminuíram em número de municípios, diminuíram em número de cidadãos a serem governados. Nós, ao contrário, aumentamos”, enfatizou.

 

Estavam presentes, além de Siqueira, outros nomes importantes do PSB como o governador do Estado, Paulo Câmara, o senador Fernando Bezerra Coelho (PE), o líder em exercício do PSB na Câmara Federal, deputado Tadeu Alencar (PE), o prefeito de Recife, Geraldo Julio, e o presidente da Fundação João Mangabeira, Renato Casagrande. Também participaram João Campos, chefe de gabinete do governador; o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes e deputados estaduais pernambucanos.

 

Em sua manifestação, Siqueira lembrou que o PSB nunca se furtou de ser protagonista da história do país. “Quando se fez a Constituinte, que produziu a Constituição mais democrática e progressista da história, que ninguém quer mudar agora, principalmente quem é de esquerda como nós, nós assinamos, sim, a Constituição de 1988”, enfatizou o socialista.

 

Ao contrário do PT, acrescentou ele, o PSB não classificou a Carta Magna como “Constituição burguesa”. “Eu tenho uma grande admiração pelo nosso saudoso Eduardo Campos por isso. Como Miguel Arraes, eles sempre souberam dar a sua contribuição nos momentos decisivos”, disse, referindo ao posicionamento do partido.

 

O exemplo do governo de Pernambuco na área da educação foi salientado por Siqueira como algo a ser seguido pelos gestores socialistas. Ele citou a liderança do Estado no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), alcançada neste ano. Depois de ter ocupado a 21ª colocação no ranking nacional, Pernambuco saltou para o 1° lugar.

 

“O principal é que os representantes do Partido Socialista Brasileiro nos governos, no parlamento ou em qualquer instância tenham o compromisso com aqueles que ele pretende representar. Que são sempre aqueles que mais necessitam da ação do poder público, da ação do Estado em todos os seus níveis”, defendeu o presidente.

 

Por fim, Siqueira defendeu o protagonismo do PSB nas eleições gerais de 2018. “Nós precisamos ter o nosso protagonismo, precisamos nos afirmar programaticamente e ideologicamente”, resumiu. “Nessa luta de 2018, nós precisamos, mais do que nunca, definir junto com vocês (prefeitos e integrantes do partido) e seguirmos juntos”, afirmou.

 

No evento, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, destacou os desafios que os prefeitos eleitos terão de enfrentar nos próximos anos em razão da crise econômica. “O Brasil vive uma crise sem precedentes, e mesmo com a possibilidade de termos um ano melhor em 2017, nós ainda vamos precisar empreender esforços para encontrarmos alternativas de geração de renda em nosso Estado. Apesar de toda a dificuldade, nós temos trabalhado muito, buscado fazer parcerias para não deixar de investir. Com recursos próprios, continuamos a fazer obras para melhor a vida do povo ”, disse Câmara.

 

Assessoria de Imprensa PSB

About author

You might also like

Nacional 0 Comments

Executiva Nacional do PSB aprova fechamento de questão contra as reformas trabalhista e previdenciária

A Executiva Nacional do PSB decidiu fechar questão contra as reformas trabalhista e previdenciária em tramitação na Câmara dos Deputados. A decisão foi tomada em reunião na noite desta segunda-feira

Notícias 0 Comments

PSB LANÇA CAMPANHA EM DEFESA DA NÃO VIOLÊNCIA ATIVA COMO FORMA DE LUTA POLÍTICA E SOCIAL

Desde que tomou posse, há 19 meses, o presidente Jair Bolsonaro atua para enfraquecer a democracia e suas instituições, e atacar direitos fundamentais, movido por uma indisfarçável tentativa de impor

Agenda PSB 0 Comments

PGR vê inconstitucionalidade em política de segurança de Witzel para o Rio de Janeiro

Deu no Diário do Poder O procurador-geral da República, Augusto Aras, entendeu que há inconstitucionalidade em duas diretrizes da política de segurança pública adotada pelo governador do Rio de Janeiro,

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply