PSB critica manutenção dos direitos políticos de Dilma

28747869833_851699007b_k

 

Parlamentares do PSB criticaram decisão do Senado Federal em manter os direitos políticos da ex-presidente Dilma Rousseff e alertaram para a brecha que a medida pode abrir no processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha e de outros políticos julgados na Operação Lava Jato. Nesta quarta-feira (31), em votação separada àquela que consolidou o impeachment de Dilma, os senadores decidiram que a petista fica liberada para exercer cargo ou função pública.

Para Hugo Leal (PSB-RJ), presidente estadual do partido, a decisão do Senado é inconstitucional. Segundo ele, não se pode interpretar de forma flexível a Constituição Federal. “Acredito que esta foi uma alternativa que não terá sustentabilidade no Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF)”, afirmou o parlamentar também advogado e especialista em Direito Eleitoral.

O deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) refutou o que chamou de jogo de morde e assopra e demonstrou profunda preocupação com as consequências de tal decisão na consolidação de punições a acusados de desvios de recursos na Lava Jato. “Ela pode criar uma perigosa jurisprudência para os políticos que estão sendo julgados e isso muito nos preocupa”, afirmou em clara referência ao processo de cassação de Cunha.

Luiz Lauro (PSB-SP) lembrou a posição do PSB quando votou favorável ao processo de impeachment de Dilma Rousseff na Câmara, e também demonstrou preocupação com a manutenção desses direitos. “O fato de ela não perder essa prerrogativa nos preocupa porque pode abrir brechas em situações semelhantes. O PSB deve procurar alternativas jurídicas no intuito de rever essa determinação. ”

Fotos: Edilson Rodrigues/ Agencia Senado

About author

You might also like

Notícias 0 Comments

INTERVENÇÃO FEDERAL JÁ: DEIXE SEU RELATO

Nas inserções de propaganda gratuita na TV e no rádio, o PSB/RJ pede a intervenção federal imediata no estado do Rio de Janeiro. “O Rio de Janeiro não pode esperar

Notícias 0 Comments

Aprovada PEC de senador do PSB criando fundo de segurança

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (6), em primeiro turno, a criação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Segurança Pública (FNDSP). Foram 58 votos favoráveis e apenas um contrário.

Notícias 0 Comments

Hugo Leal apresenta 11 emendas à MP do Código de Mineração

    Integrante da Comissão Mista do Congresso que analisa a MP 790/2017, que altera o Código de Mineração, o deputado federal Hugo Leal (PSB/RJ) apresentou 11 emendas após manter

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply