PSB lança número recorde de candidatos a prefeito no país

PSB lança número recorde de candidatos a prefeito no país

Carlos Siqueira

 

Eleições 2016 – 08/08/2016

Nacional – O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse em entrevista ao jornal Valor Econômico que o partido lançará o maior número de candidatos a prefeito de sua história nas eleições municipais deste ano. Serão pelo menos 1,5 mil candidatos em todo o país, um crescimento de 50% em relação a 2012. Nas 92 cidades com segundo turno (com mais de 200 mil habitantes), o PSB vai encabeçar a chapa em 40 desses municípios.

“Se dependesse de mim, lançaríamos nomes em todas as grandes cidades. A participação direta na disputa é uma oportunidade ao partido de se apresentar e promover lideranças. Se o candidato perde, no mínimo, se torna conhecido”, afirmou Siqueira ao reconhecer que a legenda aposta na eleição de 2016 para se consolidar como terceira via no cenário nacional. “Há uma percepção de que não podemos nos comportar como uma sublegenda. Nossa postura independente tem nos permitido ter um crescimento gradual”, disse. Ele destacou que o número total de postulantes a prefeito pelo PSB pode ser ainda maior, uma vez que o partido tinha 1.623 pré-candidatos há poucas semanas.

O socialista afirma, com otimismo, que espera eleger aproximadamente um terço dos 1,5 mil candidatos. “Sendo conservador, teremos 500 a mais do que os pouco mais de mil que disputaram em 2012”, afirmou. Isso se deve ao histórico recente do partido que foi o que mais cresceu na eleição passada em comparação com 2008 ao passar de 308 para 443 prefeituras, um aumento de 43%. Siqueira também acredita no potencial de reeleições dos prefeitos do PSB. Em 2012, segundo o dirigente, o partido teve uma taxa média de vitória nas cidades governadas de 75%, superior a média nacional de 55%.

Esse ano, o PSB lançará candidatos em 11 capitais, número igual ao de 2012. Nas capitais, o PSB aposta na reeleição de Geraldo Julio no Recife (PE), Carlos Amastha em Palmas (TO) e de Mauro Nazif em Porto Velho (RO).

Das 15 capitais em que não terá candidato, em nove o partido se uniu a um candidato ligado ao governador local. Isso ocorreu no Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Acre, Pará e Maranhão.

Assessoria de Comunicação/PSB Nacional com informações do Valor Econômico

About author

You might also like

Nacional 0 Comments

PSB reelege 55,7% de seus vereadores em 2016

Eleições 2016 – 24/10/2016  Dados levantados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que o PSB reelegeu 55,7% de seus vereadores nas Câmaras Municipais em todo o país. Conforme informações do

Notícias 0 Comments

Centenário de Miguel Arraes é celebrado com programação especial no DF, no CE e em PE

  Os cem anos de nascimento de Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco e ex-presidente do PSB, serão celebrados com programação especial no Distrito Federal, no Ceará e em Pernambuco, nos

Notícias 0 Comments

Bomtempo firma convênio com o Grupo Petrópolis para investimento em Centro de Educação Infantil

O prefeito do PSB Rubens Bomtempo assinou convênio com o Grupo Petrópolis. Com a parceria, a empresa irá construir uma nova quadra no Centro de Educação Infantil (CEI) Vila Leopoldina,

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply